Lifestyle

Plantas medicinais que você precisa conhecer

plantas medicinais

As civilizações antigas, tiveram suas próprias referências acerca das plantas medicinais. Muito antes de aparecer qualquer forma de escrita, o homem já utilizava as plantas, quer seja como alimento, bem como remédios.

Em seus experimentos com plantas, houve sucessos e fracassos. Muitas foram as vezes que estas curavam, mas também teve outras vezes que matavam ou produziam efeitos colaterais graves. A descoberta das propriedades úteis ou nocivas dos vegetais ocorreu por meio do conhecimento empírico, ou seja, da observação feita pelos homens do comportamento dos animais, por exemplo.

Além disso, existem relatos lendários em que se atribuem às plantas poderes divinos, pois seu uso fazia parte de rituais religiosos que colocavam os homens em contacto directo com os deuses. Essas valiosas informações foram sendo, inicialmente, transmitidas oralmente de geração para geração, e, posteriormente, com o surgimento da escrita, passarem a ser compiladas e arquivadas.

O uso de plantas medicinais em antigas civilizações, data de 2300 a.C., com os egípcios, assírios e hebreus a cultivavam diversas ervas e trazendo suas expedições. Sabe-se que, já nessa época, esses povos criavam classes de medicamentos com as plantas. Na Índia, foi criado um dos sistemas medicinais mais antigos da humanidade, denominado Ayurveda. Os Vedas, poemas épicos de cerca de 1500 a.C., fazem menção a plantas medicinais até hoje utilizadas, como:

  • Alcaçuz (Glycyrrhiza glabra);
  •  Gengibre (Zingiber officinale Roscoe);
  • Mirra (Commiphora myrrha [Nees] Baillon);
  • Manjericão (Oci-mum basilicum L.);
  • Alho (Allium sativum L.);
  • Cúrcuma (Curcuma domestica L.);
  • Acônito (Aconitum napellus L.);
  • Aloés (Aloe sp.).

Hoje em dia, com o avanço da ciência e da tecnologia, não mais se usa métodos empíricos para o estudo de plantas medicinais. Assim, são os passos importantes da medicina os seguintes:

  • Identificação;
  • Pureza;
  • Adulteração;
  • Composição fitoquímica;
  • Acções farmacológicas;
  • Acções terapêuticas;
  • Contra-indicações;
  • Efeitos colaterais;
  • Dosagens.

Lista plantas medicinais populares

Confira a baixo algumas plantas medicinais comuns no nosso dia-a-dia

Nome Popular Eucalipto
Nome Científico Eucalyptus globulus
Partes Folhas
Modo de usar Inalação
Recomendação Gripes e resfriados, para desobstrução das vias respiratórias, como adjuvante no tratamento de bronquite e asma
Contra indicação Não deve ser utilizado por pessoas com inflamação gastrointestinal e biliar, doença hepática grave, gravidez, lactação e em menores de 12 anos

 

Nome Popular Arnica
Nome Científico Arnica montana
Partes Flores
Modo de usar Compressa
Recomendação Como anti-inflamatório em traumas, contusões, torções e edemas por fraturas e torções; hematomas e equimose
Contra indicação Não utilizar por via oral, pois pode causar gastrenterites e distúrbios cardiovasculares, falta de ar e morte. Não aplicar em feridas abertas. Não usar em gestantes e lactantes

 

Nome Popular Capim-santo/Capim-limão/Capim-cidró/Capim-cidreira/Cidreira
Nome Científico Cymbopogon citratus
Partes Folhas
Modo de usar Chá
Recomendação Cólicas intestinais e uterinas. Quadros leves de ansiedade
Contra indicação Não há

 

Nome Popular Melissa/Erva-cidreira
Nome Científico Melissa officinalis
Partes Folhas
Modo de usar Chá
Recomendação Cólicas abdominais. Quadros leves de ansiedade e insônia, como calmante suave
Contra indicação Não deve ser utilizado por pessoas com hipotireoidismo (redução da função da tireoide)

 

Nome Popular Maracujá azedo
Nome Científico Passiflora edulis
Partes Folhas
Modo de usar Chá
Recomendação Quadros leves de ansiedade e insônia, como calmante suave
Contra indicação Não há. Porem não deve ser usado em conjunto com medicamentos sedativos e depressores do sistema nervoso. Nunca utilizar cronicamente

 

Nome Popular Goiabeira
Nome Científico Psidium guajava
Partes Folhas Jovens
Modo de usar Oral / Tópico
Recomendação Oral: Diarreias não infecciosas / Tópico: Pele e mucosas lesadas, como antisséptico
Contra indicação Não há.

 

Moza Exames

Conhecimento é liberdade...

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Botão Voltar ao Topo
Como tornar seu fim de semana especial? Confira 10 ideias As 10 praias mais lindas do mundo que você precisa conhecer 10 praias você precisa conhecer em Moçambique 10 Razões para visitar Parque Nacional Kruger Marrocos X Brasil: esgotados 65 mil ingressos para o amistoso